<iframe src="//www.googletagmanager.com/ns.html?id=GTM-5R53WF" height="0" width="0" style="display:none;visibility:hidden"></iframe>
14 nov

Adeus prisão de ventre com as dicas do Projeto Mulher

Não há mistério: a nutróloga Liliane Oppermann dá dicas para acabar de vez com aquela sensação desagradável e ensina como evitar que seu intestino fique preguiçoso. Procure consumir alimentos certos e em um espaço curto de tempo, de três em três horas costuma ser o ideal. Além de manter as atividades físicas propostas pelas professoras do Projeto Mulher. Confira a lista de alimentos que não podem faltar na sua geladeira:

  • Legumes: brócolis, tomates, couve-flor. Esses alimentos levam um grande número de vitaminas para dentro do nosso organismo facilitando a digestão.
  • Verduras: alface, cenoura, espinafre, rúcula. As verduras são itens obrigatórios para quem quer para de sofrer com a prisão de ventre.
  • Frutas: elas são ótimas para regular o intestino e também possuem inúmeras vitaminas que ajudam a aliviar o bloqueio intestinal. O abacaxi é uma boa opção.
  • Alimentos integrais: eles possuem fibras e nutrientes que o corpo precisa para se manter bem e sem as dores abdominais. É bom incluir nessa dieta pão, biscoito, torrada, aveia e cereais integrais.
  • Trigo: o grande problema da prisão de ventre é na hora de ir ao banheiro. O trigo é uma ótima solução, pois amolece o bolo fecal.
  • Leite: os fermentados ajudam a fortalecer o sistema imunológico e melhoram a flora intestinal.
  • Papaia: o mamão é outro alimento importantíssimo para a expulsão das fezes. Trabalha como laxante, estimulando o organismo na evacuação.
  • Magnésio: as frutas ricas em magnésio como a ameixa seca trazem alívio abdominal.
  • Linhaça: é um alimento funcional que contém diferentes nutrientes como fibras, carboidratos e proteínas.
  • Água: também ajuda na digestão, além de hidratar o corpo e a pele. O ideal é beber pelo menos 2 litros de água por dia. Se você consumir todos esses alimentos e não tiver uma boa hidratação, a situação do seu organismo pode piorar.
Share this

© 2014 Of Memory Hosting. All rights reserved.