<iframe src="//www.googletagmanager.com/ns.html?id=GTM-5R53WF" height="0" width="0" style="display:none;visibility:hidden"></iframe>
27 fev
10 nov

Maratona de Revezamento Bertioga/Maresias 2012 | Projeto Mulher

Equipe bela do Projeto Mulher: Ligia de Grande, Sylvia Merlin, Patrícia de Lima, Jaqueline Selles, Professroa Thabata Giavoni e Cristiana Boaventura.

As equipes do Projeto Mulher e Núcleo Aventura fizeram bonito nos 75 km da Maratona de Revezamento Bertioga/Maresias 2012. Com várias categorias de todos os níveis: a prova podia ser feita solo, para quem quisesse correr os 75 k sozinho, em grupos de oito, seis e três pessoas, entre equipes femininas, masculinas e mistas. A prova contou com 4.700 atletas inscritos, sendo que 40 deles eram alunos do Núcleo Aventura e do Projeto Mulher e estiveram sob a supervisão das professoras Cris Carvalho e Thabata Giavoni.

Na semana pré-prova os alunos baixaram o volume e a intensidade dos treinos. “A ideia foi deixar o metabolismo em alerta, no entanto, descansado, para o máximo rendimento no dia da prova”, conta Cris Carvalho. Já na semana depois da prova, uma trégua foi mais que merecida, com treinos mais leves e regenerativos para depois voltar à rotina.

Vice-campeão trio feminino da Maratona de Revezamento Bertioga/Mareisas 2012: As professoras do Projeto Mulher e Núcleo Aventura pela primeira vez juntaram-se para fazer uma equipe: Cilene Sophya, Cris de Carvalho e Renata Castro.

“Dos oito grupos que levamos, três subiram ao pódio e uma equipe fez sua estreia em uma prova de revezamento”, conta a professora Thabata.

No café da manhã antes da largada, suco de laranja e bisnaguinha com peito de peru. No carro de apoio, mais sanduichinhos com peito de peru, bolo de trigo branco, Gatorade, muita água, bananinha e frutas.

“Esta foi a minha primeira prova e me sentia insegura quanto às minhas possibilidades, mas como eu disse para a Thabata depois, ela soube de mim melhor do que eu mesma. Uns dias antes da prova ela nos mandou um e-mail dizendo que o mais difícil nós já havíamos feito, que foi o treinamento; agora era curtir a experiência e divertir-se! E foi o que aconteceu”, Andrea Souto, 42 anos – Treina no Projeto Mulher do ECP.

 “Esta foi minha primeira prova de revezamento e adorei. Aprendi muito competindo em equipe: companheirismo, garra, união e a determinação de cada uma. Foi uma experiência incrível que pretendo repetir mais vezes”,  Rita Weber, 48 anos – Treina no Projeto Mulher desde fevereiro de 2011.

 Thabata Giavoni e Cris Carvalho | Projeto Mulher

Share this

© 2014 Of Memory Hosting. All rights reserved.