<iframe src="//www.googletagmanager.com/ns.html?id=GTM-5R53WF" height="0" width="0" style="display:none;visibility:hidden"></iframe>
19 fev

A TV nossa de toda noite atrapalha o sono? | Projeto Mulher

Quem treina com o Projeto Mulher sabe bem o valor de uma noite bem dormida. O rendimento é outra história, principalmente para quem busca qualidade de vida. Afinal, o sono adequado, reparador, é a principal ferramenta que o organismo utiliza para se recuperar do cansaço físico e mental do cotidiano e se preparar para o dia seguinte.

“Cronicamente, noites mal dormidas podem trazer danos irreversíveis a saúde como doenças cardiovasculares e até doenças degenerativas” alerta o neurologista Leandro Teles, da Universidade de São Paulo. Segundo o especialista, até ganho de peso pode ser fruto do sono inadequado: Quem dorme pouco libera menor quantidade de leptina (hormônio da saciedade) e libera mais grelina (hormônio da fome). Como se não bastasse, tem maior índice de ansiedade, assalta mais a geladeira e faz escolhas alimentares piores durante a noite e o dia, resultado: engorda mais.

Hábitos que podem atrapalhar a qualidade do sono:

Dormir com a TV ligada: segundo o especialista, essa é uma questão complexa. Por um lado, a TV desliga nossa mente dos problemas do dia a dia, é uma atividade passiva e, dependendo da programação, pode ser um ótimo indutor do sono. Por outro lado, a luz emitida inibe a liberação de melatonina (hormônio do sono), sinalizando ao cérebro que não é hora de dormir. Além disso, o ruído variável emitido por ela estimula as vias cerebrais da audição, o que torna o sono superficial e pode até causar despertares, percebido ou não pelo telespectador.

Recomendação: assistir TV distante da tela, com iluminação ambiente reduzida, programas tranquilos, com som baixo e nunca se esquecer de desligá-la (ou colocar a função de desligamento automático) antes de adormecer definitivamente.

Share this
03 jan

© 2014 Of Memory Hosting. All rights reserved.